Red Geoquímica

Red Geoquímica Canaria

 

Rede Geoquimica Açores

Estações de fluxo de dióxido de carbono (CO2)

GFOG

Estação permanente de fluxo de CO2, instalada no flanco sul do Vulcão do Fogo, constitui um protótipo da empresa West Systems S.r.l. e efetua medições pelo método da câmara de acumulação. Esta estação regista também informação de vários parâmetros ambientais de modo a permitir compreender a influência destes parâmetros nas variações de fluxo de CO2. As medições dos diversos parâmetros monitorizados são realizadas com uma frequência horária, sendo os dados enviados diariamente através de um sistema de telemetria GSM (Global System for Mobile Communications) para as instalações do CIVISA/IVAR na Universidade dos Açores, em Ponta Delgada.

GFUR

Estação permanente de fluxo de CO2, instalada no interior da caldeira do Vulcão das Furnas, constitui um protótipo da empresa West Systems S.r.l. e efetua medições pelo método da câmara de acumulação. Esta estação regista também informação de vários parâmetros ambientais de modo a permitir compreender a influência destes parâmetros nas variações de fluxo de CO2. As medições dos diversos parâmetros monitorizados são realizadas com uma frequência horária, sendo os dados enviados diariamente através de um sistema de telemetria GSM (Global System for Mobile Communications) para as instalações do CIVISA/IVAR na Universidade dos Açores, em Ponta Delgada.

Estação de concentração de radão (222Rn)

RADFUR

Estação permanente de concentração de 222Rn, instalada num edifício localizado no interior da caldeira do Vulcão das Furnas, e que corresponde a um detetor Radon Scout Plus, da empresa Sarad. Este equipamento mede a concentração de 222Rn por difusão, em intervalos integrados de 60 minutos, sendo os dados descarregados in loco uma vez por mês. Este equipamento possui também sensores que permitem medir vários parâmetros ambientais de modo a permitir compreender a influência destes parâmetros nas variações de concentração de 222Rn.